07 abril 2015

"Gakkyuu Houtei", Takeshi Obata e Nobuaki Enoki

Olá, tudo bem? O assunto de hoje é mangá, então vamos nessa!

No início de dezembro de 2014 foi publicado o primeiro capítulo do mangá Gakkyuu Houtei, o mais novo mangá de Takeshi Obata, no qual foi um dos criadores de Death Note, e Nobuaki Enoki.

Gakkyuu Houtei é o sistema que foi implementado pelo governo nas escolas de ensino fundamental devido ao grande número de casos relacionados ao mal comportamento, bullying, e dentre várias coisas ruins que a criançada adora fazer com seus colegas. A história se passa numa escola de ensino fundamental no qual houveram dois alunos transferidos para a turma da 6ª série: Inugami Abaku e Hanzuki Pine. Uma das características marcantes de Inugami é a sua habilidade de refutar. Por enquanto não posso dizer muito de Pine, já que parece ser uma garota mimada que possui a ocupação de promotora. 

O primeiro caso a ser resolvido na turma, é nada mais e nada menos do que um assassinato de um peixe. Isso mesmo, e o peixe tem nome, Suzuki-kun. Tudo começou com uma votação iniciada na classe na qual os alunos iriam decidir se iriam comer ou não o Suzuki-kun, que era considerado o bichinho de estimação da classe. Os garotos votaram em comer, e as garotas em não comer, porém, os garotos iriam vencer por vantagem numérica. Mas isso não aconteceu, pois o grupo que votou em "não comer" venceu. Porém, alguns dias depois encontraram apenas os restos do corpo mutilado de Suzuki-kun no aquário. Baseado no que ocorreu, Inugami terá que procurar alguma maneira de defender o réu, seu colega Nanahoshi Tento, que foi acusado de assassinar Suzuki-kun, pois ele fora o último a cuidar do peixinho antes do incidente que levou a sua morte. Afinal, quem matou Suzuki-kun?

Muitos outros casos irão ocorrer, e Inugami terá que ser o defensor de seus colegas, enquanto Pine irá ser a promotora dos casos, acusando o réu. O mangá também nos faz querer saber mais sobre o passado misterioso de Inugami, e mesmo sobre a tal Escola da Ilha Fantasma onde, dependendo do "crime", os jovens considerados culpados acabam sendo enviados para lá.

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Fortaleza, 22 anos, ariana, potterhead, narniana, whovian, shadowhunter e muitas outras atribuições. Livros, música, cinema, fotografia, artes, geekices e nerdices são minhas paixões. Uma pequena garota com grandes planos de se aventurar pelo mundo.

 

Wanderlust ©2013-2017. Todos os direitos reservados.

Design, Layout e Programação por Micaela Ramos.

----Voltar ao Topo----