23 janeiro 2015

{Filmes e Pipoca #17} "Lolita"

Oi, pessoal! Tudo bem? Tem uns dias que assisti um filme e até agora não me decido se amo ou odeio, confesso que ele me deu agonia intensa, mas é um clássico e aqui vai uma recomendação para você que gosta de filmes clássicos ou que pretende assistir.
Título original: Lolita
Ano: 1997
Gêneros: Drama - Romance
Faixa etária: 14 anos
Duração: 137 min
Diretor: Adrian Lyne

Sinopse:
Em 1947, um professor de meia-idade (Jeremy Irons) de origem inglesa vai lecionar literatura francesa em uma pequena cidade da Nova Inglaterra e aluga um quarto na casa de uma viúva (Melanie Griffith), mas só realmente decide ficar quando vê a filha (Dominique Swain) dela, uma adolescente de 14 anos por quem fica totalmente atraído. Apesar de não suportar a mãe da jovem se casa com ela, apenas para ficar mais próximo do objeto de sua paixão, pois a atração que ele sente pela enteada é algo devastador. A jovem, por sua vez, mostra ser bastante madura para a sua idade. Enquanto ela está em um acampamento de férias, sua mãe morre atropelada. Sem empecilhos, seu padrasto viaja com sua enteada e diz a todos que é sua filha, mas na privacidade ela se comporta como amante. Porém, ela tem outros planos, que irão gerar trágicos fatos.
Tudo começa quando um professor/escritor muda-se da Europa para os Estados Unidos e como fica sem lugar para morar, encontra uma senhora que aluga para ele um quarto em sua casa. Essa senhora é a Charlotte Haze (Melanie Griffith), uma mãe viúva que vive só com sua filha na casa. Quando ela está mostrando a casa ao Humbert Humbert (Jeremy Irons), (sim o nome do cara é esse KKKKKKK') a casa acaba se mostrando não ser lá essas coisas todas e ele coloca desculpas para ir para outro lugar, mas é então que a senhora vai mostrá-lo o jardim, que é basicamente o recanto e a beleza da casa. É nesse jardim que ele se depara com uma imagem muito bonita, uma garota lendo ao ar livre, Dolores 'Lolita' Haze (Dominique Swain), toda molhada pelos sprinklers e ele fica louco quando vê isso, na mesma hora você percebe o olhar de desejo que ele lança à menina e é nesse momento que ele decide ficar na casa. 

Lolita é apenas uma garota de seus 12 anos de idade, mas no filme ela é retratada como tendo 14 (como se isso fosse diminuir a gravidade da situação). É uma garota livre, leve e solta (faço piadinhas, mas não achei nada engraçado o que veio logo após). Ela dança, ela pula, ela canta.. ela é uma adolescente e como toda adolescente, é meio louquinha e inconsequente. 

Aos poucos, Lolita vai se aproximando de Humbert e os dois vão virando amigos, só que ela age de uma forma tão espontânea e inocente que é impossível meio que rejeitar sem saber o que se passa na cabeça dela. Ele vai deixando ela entrar aos poucos e isso vai virando uma bola de neve. A mãe de Lolita, Charlotte, acaba se apaixonando por Humbert, o negócio é que ele não se apaixona por ela, só tendo olhos para a pequena garota.

Antes de ir para o acampamento, Lolita se despede de Humbert de um jeito bem romântico, ela pula nele e eles se beijam, foi nessa parte que meu estômago começou a embrulhar, ele poderia tê-la afastado, mas não o fez, continuou o beijo e gostou. Depois disso, ele se casa com Charlotte e como não gosta dela, faz de tudo para não manter relações sexuais e até vai ao médico para pegar remédios para dormir e dar para a mulher. Quando ela descobre que ele nunca gostou dela e na verdade é apaixonado pela filha dela, fica louca e num rompante de razão, vai determinada à caixa de correios postar umas cartas, só que nesse caminho um acidente acaba acontecendo e ela morre, deixando Humbert com a casa, os bens e a filha. Na mesma hora ele vai atrás de Lolita no acampamento e de lá vai com ela viajando pelo país, vivendo em hotéis, é aí que eles começam um relacionamento doentio e nojento. Eu não tenho nada contra todo tipo de amor, sendo de pessoas do mesmo sexo, ou mais novos com mais velhos.. o que seja, amor é amor, mas ELA É UMA CRIANÇA, gente, isso me dá uma gastura horrível, eu vomitei demais (informação desnecessária, eu sei, mas foi isso que certas partes do filme me causaram), tive muita raiva desse homem nojento, mas na verdade ele nunca superou a morte do seu primeiro amor, quando ele também tinha a mesma idade de Lolita, isso afetou-o de um modo que ele ficou procurando a menina em todas as outras mulheres, acabou encontrando na garota. Certo que ela se jogou, se insinuou e se mostrou muito experiente para ele, mas ele (COMO QUALQUER SER HUMANO SÃO) poderia ter recusado e sido um bom pai, mas não, ele se aproveitou da menina e acabou se apaixonando por ela. O que começa uma aventura louca deles pelo país, ele com medo das pessoas descobrirem e com medo da menina fugir dele, os dois em brigas constantes e aquela palhaçada toda, só que com um homem de mais de 30 anos e sua ninfeta. O interessante desse filme é que ele retrata uma realidade não muito distante e traz à tona assuntos como em que idade uma pessoa está pronta para o sexo, a sexualidade das crianças e adolescentes, a pedofilia, etc. O mais interessante é notar que quando eu estava começando a odiar a história, veio-me à cabeça o tanto de romances que o mundo ama e acha lindo e que na verdade eram entre crianças e homens bem velhos. Os romances de Shakespeare trazem um belo exemplo, os casamentos ao redor do mundo entre crianças e homens velhos e como isso é um absurdo, mas mesmo assim não há leis realmente rigorosas em torno disso. Apesar de ser um filme que me deu muito nojo da história e das cenas intimas entre ele e a menina, é bom de se ver, é conflitante as emoções que você se depara nesse filme. 


Isso é tudo, pessoal.
Comentem aqui embaixo o que vocês acharam do filme, se assistiram, claro.
Até a próxima!
Beijos da Mi:*

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Fortaleza, 23 anos, ariana, intensa, impulsiva, passional, empática, feminista, louca, estranha, artista, livre, mente aberta. Música, cinema, fotografia, artes, natureza são minhas paixões. Uma pequena mulher com grandes planos de se aventurar pelo mundo.

 

Wanderlust ©2013-2017. Todos os direitos reservados.

Design, Layout e Programação por Micaela Ramos.

----Voltar ao Topo----