09 janeiro 2015

{Filmes e Pipoca #15} "Garota Exemplar" (Gone Girl)

Oi, pessoal! Tudo bem com vocês? Faz uns dias que eu assisti esse filme (nada normal) e tive que colocar ele primeiro na fila de filmes que ainda faltam ser mencionados aqui no blog, tive que correr e vir contar dele para vocês.
Título original: "Gone Girl"
Ano: 2014
Gêneros: Drama, mistério, thriller
Faixa etária: 14 anos
Duração: 149 minutos
Diretor: David Fincher

Sinopse:
Amy Dunne (Rosamund Pike) desaparece no dia do seu aniversário de casamento, deixando o marido Nick (Ben Affleck) em apuros. Ele começa a agir descontroladamente, abusando das mentiras, e se torna o suspeito número um da polícia. Com o apoio da sua irmã gêmea, Margo (Carrie Coon), Nick tenta provar a sua inocência e, ao mesmo tempo, procura descobrir o que aconteceu com Amy.

A princípio você acha que o filme vai se tratar de um romance em que a mulher vai acabar sendo morta e tal, mas vou logo avisando que não é bem assim que acontece. O filme começa com o protagonista masculino Nick Dunne (Ben Affleck) falando sobre as perguntas que os casais geralmente fazem um ao outro e que são perguntas tão simples e invasivas, mas comuns. Depois ele vai ao THE BAR, falar com sua irmã e comer e lá eles debatem sobre algumas coisas, e falam da mulher dele, Amy Dunne (Rosamund Pike) por cima, mal sabia eles o que os aguardava. 

Quando Nick chega em casa, seu gato está fora e a sala de estar se encontra uma zona, mas o resto da casa está praticamente impecável, sem nenhum vestígio de sua esposa, parecia que ela havia sido sequestrada. Ele contata a polícia e logo após são feitos os procedimentos de rotina, ele vai até à delegacia e responde à perguntas, os pais de Amy são contatados e toda a cidade para por que a esposa de Nick era uma escritora muito famosa e sua família bem rica, logo eles fazem um site para encontrar a "Amazing Amy", personagem principal dos livros de Amy, toda a cidade se dispõe a encontrá-la.

Todo mundo se dispõe a ajudar e logo vai ficando muito estranho o comportamento de Nick, que parece não estar o mínimo abalado pelo sumiço da esposa e é aí que eu fico com muita raiva dele, é então que você vai descobrir que o casamento deles não era tão perfeito quanto parecia e as coisas vão começar a se voltar contra Nick. Logo estão suspeitando dele ter sido o mentor do desaparecimento de Amy e a polícia descobre, com o Luminol (substância que quando entra em ação com uma superfície relativamente limpa, mas que tenha sangue, reagindo com o ferro presente nele, ilumina todo o lugar em que o sangue esteve.) que a cozinha fora banhada com o sangue dela. Todas as evidências que começam a aparecer vão apontando apenas para uma pessoa: Nick.

Todo mundo fica ainda mais revoltado quando a amante de Nick, uma aluna dele, aparece em rede nacional assumindo o caso que os dois tiveram e pedindo desculpas a todos. Até então eu estava desconfiando já de que tudo tinha sido armado para Nick parecer culpado. 

É então que outras facetas da personalidade e vida de Amy vão aparecer, como seus relacionamentos terem sigo acabados de maneiras muito dramáticas em que os caras pareceram os vilões da história. Nick contrata um advogado e vai começar a trabalhar para fazer com que as pessoas o vejam como uma pessoa que tem erros, mas que nunca mataria a sua esposa. O país está chocado e com ódio dele. Não vou contar mais porque vocês têm de assistir. Logo mais abaixo tem uma seção mais avançada, se você não assistiu, pare por aqui, pois haverá SPOILERS.

É só eu que acha isso uma loucura sem fim? Assim, eu entendi o porquê deles dois terem ficado no final, eu entendi que o que ela mostrou para o Nick é que ou ele "dava ou descia", no sentido de que ela tinha poder suficiente de deixar ele morto ou preso ou num manicômio, quem iria sair perdendo era ele, então ele resolveu entrar no jogo ela. Mas sinceramente, quem de vocês teria continuado o jogo dela? Cai entre nós, vocês acharam que ela iria se matar só para levar a mentira dela ao fim? Eu realmente achava que ela ia se matar só para o Nick ir para na prisão, eu achei ela louca o bastante para isso. Fiquei com muito medo daquela mulher HAHAHAHA. Digam o que acharam aqui embaixo nos comentários.


Isso é tudo, pessoal.
Até a próxima!
Beijos da Mi:*

Comente com o Facebook:

2 comentários:

  1. Você já leu o livro? Cara, quando você começa a leitura você fica apaixonada pela Amy, ela é praticamente perfeita e você quer ser ela. Mas ai quando começa a história mesmo ela parece uma psicopata, esse pra mim foi um filme fantástico e super fiel ao livro. Eu adorei!!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é à toa que ela é a "Amazing Amy" hahaha
      Eu gostei muito, foi muito inteligente e revoltante. Conseguiu me tirar várias emoções!
      Beijos! :*

      Excluir

Fortaleza, 23 anos, ariana, intensa, impulsiva, passional, empática, feminista, louca, estranha, artista, livre, mente aberta. Música, cinema, fotografia, artes, natureza são minhas paixões. Uma pequena mulher com grandes planos de se aventurar pelo mundo.

 

Wanderlust ©2013-2017. Todos os direitos reservados.

Design, Layout e Programação por Micaela Ramos.

----Voltar ao Topo----