22 agosto 2014

{Resenha} "O Pacto", Joe Hill

"O Pacto"
Joe Hill
Editora Arqueiro
Brochura, 320 páginas, Ano: 2010, ISBN: 9788599296882
Média de preço: R$19,00.
Links alternativos: Skoob - Goodreads - Saraiva
Sinopse:
Ignatius Perrish sempre foi um homem bom. Tinha uma família unida e privilegiada, um irmão que era seu grande companheiro, um amigo inseparável e, muito cedo, conheceu Merrin, o amor de sua vida. Até que uma tragédia põe fim a toda essa felicidade: Merrin é estuprada e morta e ele passa a ser o principal suspeito. Embora não haja evidências que o incriminem, também não há nada que prove sua inocência. Todos na cidade acreditam que ele é um monstro. Um ano depois, Ig acorda de uma bebedeira com uma dor de cabeça infernal e chifres crescendo em suas têmporas. Descobre também algo assustador: ao vê-lo, as pessoas não reagem com espanto e horror, como seria de esperar. Em vez disso, entram numa espécie de transe e revelam seus pecados mais inconfessáveis. Um médico, o padre, seus pais e até sua querida avó, ninguém está imune a Ig. E todos estão contra ele. Porém, a mais dolorosa das confissões é a de seu irmão, que sempre soube quem era o assassino de Merrin, mas não podia contar a verdade. Até agora. Sozinho, sem ter aonde ir ou a quem recorrer, Ig vai descobrir que, quando as pessoas que você ama lhe viram as costas e sua vida se torna um inferno, ser o diabo não é tão mau assim.
Esse livro me chamou bastante atenção pelo título e a capa, que apesar de bem simples, dão a entender que há muito mais que isso. Estava de promoção online e eu tive que comprá-lo junto com "A estrada da noite". Confesso que achava que ele ia ser bem parecido com o "estrada", mas me surpreendi demais e virei fã do Joe Hill! 

Inteligente. Misterioso. Crítico. 

O livro vai contar a história de um rapaz, Ignatius Perrish, que cresce amando a primeira namorada que conheceu quando era apenas um adolescente até o dia em que uma tragédia acontece e sua namorada, Marry Williams, uma doce mulher que é brutalmente estuprada e assassinada. Isso tira a vida de Ig dos trilhos, ele estava se preparando para uma viagem a trabalho na Inglaterra e uma conversa que teve com Merrin (como sua namorada é carinhosamente chamada) foi decisiva para alterar os rumos da vida de ambos. Depois da morte de Merrin, a polícia prende Ig como suspeito, mas por falta de provas, tem de soltá-lo, mesmo assim as pessoas em sua cidade o acusam e dizem que ele só foi solto por causa da riqueza e da influência dos pais, que também evitam Ig, assim como todos na cidade. A pessoa que fica ao lado de Ig é Glenna, que mora com Ig. Um ano se passa desde a morte de Merrin e após uma noite de farra e bebida, Ig acorda com uma forte dor de cabeça e percebe que em sua testa estão nascendo chifres (é isso mesmo, gente, CHIFRES!), ele fica louco e quer consultar um médico, após um tempo ele percebe que os chifres só vão crescer e não adianta tentar cortá-los, outra coisa que Ig percebe é que os chifres possuem o poder de fazer as pessoas que os veem, elas passam a contar as suas verdades mais profundas, seus segredos e suas vontades escondidas, seus pensamentos, é algo assombroso para Ig, mas no decorrer da história ele vai se acostumando e aprendendo a usar o dom, porém, ele só quer ficar só, é tudo que ele quer é ficar sozinho, separado do mundo, dos pensamentos imundos das pessoas, é em meio a essa trama de suspense e mistério que ele vai percebendo algumas coisas, alguns mistérios da humanidade e as contradições que se encontram nas religiões e em seus ensinamentos, enquanto isso ele também vai descobrir quem foi o monstro que matou sua amada. Imperdível, você tem que ler esse livro! 

Os personagens desse livro são cada um mais intrigantes que os outros, cheios de problemas como cada um de nós, é com eles que você percebe a real natureza humana e aos pensamentos que estamos propensos a sofrer por parte de algumas pessoas e o quanto isso nos afeta sem ao menos sabermos. Ig é muito calmo, cheio de conflitos internos e fantasmas do passado, também não se conforma com a morte de sua amada. Glenna é aquela amiga com benefícios que mora junto com ele e que sempre está querendo agradar de alguma forma. Lee é um amigo do passado que se está separado no presente, cheio de mistérios com sua nova fama de boa pinta que manteve pela cidade após um acidente que teve com uma bomba. Terry é o irmão mais velho de Ig, que conquistou fama num programa de comédia e que mora longe da família, mas que vai aparecer quando deve e ajudar Ig a desvendar o mistério que ele mais queria, quem matou Merrin. 

O design gráfico do livro é simples, porém chamativo e bem bonito. A diagramação é simples, no mesmo estilo de "A estrada da noite" e mantém o traço de um capítulo após o outro, sem espaço de página, com um parágrafo de diferença, é cansativo, mas dá pra ler o livro bem rápido, devido a leitura ser bem fluida. 

Recomendo a pessoas que gostam de mistério, de livros que contenham pensamentos lógicos e inteligentes e que mantenham a ficção e o suspense. Não indico muito a adolescentes não, tem que se ter certa maturidade para ler esse livro, pelo menos para entender o que o autor quer realmente passar, o que é muito interessante mesmo. 



Isso é tudo, pessoal!
Espero que tenham gostado, leiam, comentem, conversem comigo!
Até a próxima.
Beijos da Mi :*

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Fortaleza, 22 anos, ariana, potterhead, narniana, whovian, shadowhunter e muitas outras atribuições. Livros, música, cinema, fotografia, artes, geekices e nerdices são minhas paixões. Uma pequena garota com grandes planos de se aventurar pelo mundo.

 

Wanderlust ©2013-2017. Todos os direitos reservados.

Design, Layout e Programação por Micaela Ramos.

----Voltar ao Topo----