21 dezembro 2013

"A garota que eu quero", Markus Zusak

"A garota que eu quero"
Markus Zusak
Editora Intrínseca
Brochura, 176 páginas, Ano: 2013, ISBN: 9788580573732
Média de preço: R$14,90
Links alternativos: Skoob - Goodreads - Americanas - Extra - Saraiva - Submarino
Nota: 4 estrelas
Sinopse:
Cameron Wolfe é o caçula de três irmãos, e o mais quieto da família. Não é nada parecido com Steve, o irmão mais velho e astro do futebol, nem com Rube, o do meio, cheio de charme e coragem e que a cada semana está com uma garota nova.
Cameron daria tudo para se aproximar de uma garota daquelas, para amá-la e tratá-la bem, e gosta especialmente da mais recente namorada de Rube, Octavia, com suas ideias brilhantes e olhos verde-mar. Cameron e Rube sempre foram leais um com o outro, mas isso é colocado à prova quando Cam se apaixona por Octavia.
Com A menina que roubava livros e Eu sou o mensageiro, Markus Zusak vendeu 2,5 milhões de exemplares e por mais de um ano figurou nas principais listas de mais vendidos do Brasil. Lançado originalmente na Austrália em 2001, A garota que eu quero é um dos primeiros livros do autor e revisita personagens já citados em outros romances.
“A história de Zusak sobre o primeiro amor se transforma em um retrato complexo e autêntico dos desejos e das dores comuns de um garoto.” — Publishers Weekly
Mas por que alguém como ela se interessaria por um perdedor como ele? Octavia, porém, sabe que Cameron é mais interessante do que pensa. Talvez ele tenha algo a dizer, e talvez suas palavras mudem tudo: as vitórias, os amores, as derrotas, a família Wolfe e até ele mesmo.
Eu escolhi esse livro na estante mais por ter acabado o outro livro de MarkusZusak, "A menina que roubava livros" e por ser fininho o que por qualquer outra coisa. Mal sabia eu que ia achá-lo uma gracinha.

Doce. Romântico. Simples.

O livro é sobre a história de um garoto que nunca teve nenhuma experiência com garotas, nunca nem mesmo tocou nenhuma e sonha com isso. Cameron Wolfe é o mais novo quatro filhos do casal Wolfe. Rube, o irmão do Rube é pegador, namorador, vive com uma garota diferente a cada 2 ou 3 semanas e tudo o que Cameron deseja é ter apenas uma, afogar-se em uma só. Uma das namoradas de Rube, Octavia vira parte do passado dele e dentro de um tempo depois, ela e Cameron se encontram em frente à casa de uma garota que Cameron supostamente achava que gostava, mas que era apenas obcecado por ela, por isso ele viva em frente à casa dela esperando pelo menos vê-la. Octavia e Cameron começam a se conhecer, compartilhar seus segredos e seus medos mais profundos. Enquanto que Rube continua com uma outra garota e aprende da pior maneira possível que não se deve brincar com garotas e nem viver de curtição. Cameron tem uma irmã mai velha que ele e Rube, Sarah e o irmão mais velho, Steven, que não mora com ele e joga futebol americano, ele e Cam passam um tempo juntos e seu irmão começa a observar que Cameron não era o cara que ele pensava que fosse, um perdedor. Dentre medos, objeções, luta, tristezas, decepções, alegrias e descobertas, Cameron vai desenvolvendo ao longo da trama e aprendendo do que é feito o amor.

Eu adorei o relacionamento que Cameron tem com os irmãos, pois eu mesma gostaria de ter amizade com meus irmãos. Rube com seu jeito descolado sempre está do lado de Cam e eles têm uma parceria incrível, um pelo outro. Sarah vive tirando foto deles e sabe do que se passa pela vida deles, os ama muito e até implica, mas é muito engraçadinho de ver. Steven já é mais afastado, mas os ama do mesmo jeito e depois da metade do livro, começa a deixar as mágoas de lado e a se entrosar mais com a família. Os pais de Cam são os tão conhecidos pais americanos, vivem trabalhando, mas estão pelos filhos, pela família. Octavia é a garota estranha que é tão estranha quanto Cameron, eles se combinam e formam uma dupla fofinha e muito linda e é interessante ver como eles se abrem um para o outro, como se fosse o certo, o comum, é lindo o relacionamento deles.

Eu amei a capa, a arte gráfica está linda! A D O R O All Star's, Converse's e os dois All Star's da capa são completamente lindos, o da menina é o do contracapa, verde e o do garoto é o da capa, branco com vermelho. Acho que representou bem o Cameron e a Octavia se conhecendo, de frente um para o outro. O título e o nome do autor dentro de círculos também contribuiu para deixar a capa muito bonitinha e mimosa, de acordo com a história do livro. A folha é pólen soft (AMO!!) e a diagramação é simples, a mesma de "A menina que roubava livros". A leitura é leve e rápida, fluída.

Eu recomendo esse livro a quem gosta de romances leves, slide of life (que é tipo como se fosse baseado em vida real, mas não é uma história real), para quem gosta de young adult (jovem adulto) e quer uma leitura leve para passar o tempo, ler em uma tarde, um final de semana ou algo do tipo. Boa leitura. Feliz Natal ou Yule e Boas festas a todos! 


Bom, gente, é isso. Espero que tenham gostado da resenha. Leiam muito, aproveitem suas férias e os recessos festivos. Boas festas e até a próxima.
Beijos da Mica :**

Fanpage ♥ Twitter ♥ Instagram ♥ Youtube ♥ Skoob ♥ Tumblr

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Fortaleza, 23 anos, ariana, intensa, impulsiva, passional, empática, feminista, louca, estranha, artista, livre, mente aberta. Música, cinema, fotografia, artes, natureza são minhas paixões. Uma pequena mulher com grandes planos de se aventurar pelo mundo.

 

Wanderlust ©2013-2017. Todos os direitos reservados.

Design, Layout e Programação por Micaela Ramos.

----Voltar ao Topo----