21 dezembro 2013

"A garota que eu quero", Markus Zusak

"A garota que eu quero"
Markus Zusak
Editora Intrínseca
Brochura, 176 páginas, Ano: 2013, ISBN: 9788580573732
Média de preço: R$14,90
Links alternativos: Skoob - Goodreads - Americanas - Extra - Saraiva - Submarino
Nota: 4 estrelas
Sinopse:
Cameron Wolfe é o caçula de três irmãos, e o mais quieto da família. Não é nada parecido com Steve, o irmão mais velho e astro do futebol, nem com Rube, o do meio, cheio de charme e coragem e que a cada semana está com uma garota nova.
Cameron daria tudo para se aproximar de uma garota daquelas, para amá-la e tratá-la bem, e gosta especialmente da mais recente namorada de Rube, Octavia, com suas ideias brilhantes e olhos verde-mar. Cameron e Rube sempre foram leais um com o outro, mas isso é colocado à prova quando Cam se apaixona por Octavia.
Com A menina que roubava livros e Eu sou o mensageiro, Markus Zusak vendeu 2,5 milhões de exemplares e por mais de um ano figurou nas principais listas de mais vendidos do Brasil. Lançado originalmente na Austrália em 2001, A garota que eu quero é um dos primeiros livros do autor e revisita personagens já citados em outros romances.
“A história de Zusak sobre o primeiro amor se transforma em um retrato complexo e autêntico dos desejos e das dores comuns de um garoto.” — Publishers Weekly
Mas por que alguém como ela se interessaria por um perdedor como ele? Octavia, porém, sabe que Cameron é mais interessante do que pensa. Talvez ele tenha algo a dizer, e talvez suas palavras mudem tudo: as vitórias, os amores, as derrotas, a família Wolfe e até ele mesmo.
Eu escolhi esse livro na estante mais por ter acabado o outro livro de MarkusZusak, "A menina que roubava livros" e por ser fininho o que por qualquer outra coisa. Mal sabia eu que ia achá-lo uma gracinha.

Doce. Romântico. Simples.

O livro é sobre a história de um garoto que nunca teve nenhuma experiência com garotas, nunca nem mesmo tocou nenhuma e sonha com isso. Cameron Wolfe é o mais novo quatro filhos do casal Wolfe. Rube, o irmão do Rube é pegador, namorador, vive com uma garota diferente a cada 2 ou 3 semanas e tudo o que Cameron deseja é ter apenas uma, afogar-se em uma só. Uma das namoradas de Rube, Octavia vira parte do passado dele e dentro de um tempo depois, ela e Cameron se encontram em frente à casa de uma garota que Cameron supostamente achava que gostava, mas que era apenas obcecado por ela, por isso ele viva em frente à casa dela esperando pelo menos vê-la. Octavia e Cameron começam a se conhecer, compartilhar seus segredos e seus medos mais profundos. Enquanto que Rube continua com uma outra garota e aprende da pior maneira possível que não se deve brincar com garotas e nem viver de curtição. Cameron tem uma irmã mai velha que ele e Rube, Sarah e o irmão mais velho, Steven, que não mora com ele e joga futebol americano, ele e Cam passam um tempo juntos e seu irmão começa a observar que Cameron não era o cara que ele pensava que fosse, um perdedor. Dentre medos, objeções, luta, tristezas, decepções, alegrias e descobertas, Cameron vai desenvolvendo ao longo da trama e aprendendo do que é feito o amor.

Eu adorei o relacionamento que Cameron tem com os irmãos, pois eu mesma gostaria de ter amizade com meus irmãos. Rube com seu jeito descolado sempre está do lado de Cam e eles têm uma parceria incrível, um pelo outro. Sarah vive tirando foto deles e sabe do que se passa pela vida deles, os ama muito e até implica, mas é muito engraçadinho de ver. Steven já é mais afastado, mas os ama do mesmo jeito e depois da metade do livro, começa a deixar as mágoas de lado e a se entrosar mais com a família. Os pais de Cam são os tão conhecidos pais americanos, vivem trabalhando, mas estão pelos filhos, pela família. Octavia é a garota estranha que é tão estranha quanto Cameron, eles se combinam e formam uma dupla fofinha e muito linda e é interessante ver como eles se abrem um para o outro, como se fosse o certo, o comum, é lindo o relacionamento deles.

Eu amei a capa, a arte gráfica está linda! A D O R O All Star's, Converse's e os dois All Star's da capa são completamente lindos, o da menina é o do contracapa, verde e o do garoto é o da capa, branco com vermelho. Acho que representou bem o Cameron e a Octavia se conhecendo, de frente um para o outro. O título e o nome do autor dentro de círculos também contribuiu para deixar a capa muito bonitinha e mimosa, de acordo com a história do livro. A folha é pólen soft (AMO!!) e a diagramação é simples, a mesma de "A menina que roubava livros". A leitura é leve e rápida, fluída.

Eu recomendo esse livro a quem gosta de romances leves, slide of life (que é tipo como se fosse baseado em vida real, mas não é uma história real), para quem gosta de young adult (jovem adulto) e quer uma leitura leve para passar o tempo, ler em uma tarde, um final de semana ou algo do tipo. Boa leitura. Feliz Natal ou Yule e Boas festas a todos! 


Bom, gente, é isso. Espero que tenham gostado da resenha. Leiam muito, aproveitem suas férias e os recessos festivos. Boas festas e até a próxima.
Beijos da Mica :**

Fanpage ♥ Twitter ♥ Instagram ♥ Youtube ♥ Skoob ♥ Tumblr

Comente com o Facebook:

0 comentários:

Postar um comentário

Fortaleza, 22 anos, ariana, potterhead, narniana, whovian, shadowhunter e muitas outras atribuições. Livros, música, cinema, fotografia, artes, geekices e nerdices são minhas paixões. Uma pequena garota com grandes planos de se aventurar pelo mundo.

 

Wanderlust ©2013-2017. Todos os direitos reservados.

Design, Layout e Programação por Micaela Ramos.

----Voltar ao Topo----